O Goiás protocolou no dia 31 de março uma ação por danos morais contra o meia Alan Mineiro e o Vila Nova, clube que o jogador defende. O clube esmeraldino pede R$ 50 mil às partes coloradas, por causa da cusparada que o atleta deu em uma bandeira de escanteio com o símbolo do Goiás durante um clássico entre as equipes no dia 7 de março. No dia seguinte, o jurídico a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários