Em meio a luta contra o rebaixamento, o Goiás tem uma nova turbulência interna após a demissão do gestor de futebol Marcelo Segurado. A alegação do clube foi corte de gastos, justificativa refutada pelo dirigente em entrevista ao POPULAR. O futebol esmeraldino seguirá tendo Harlei Menezes, atual vice-presidente, e Osmar Lucindo também integra o departamento desde que jogad...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários