A diretoria do Goiás oficializou, na tarde desta segunda-feira (19), a demissão do técnico Pintado. Segundo nota oficial publicada, o clube esmeraldino e o treinador Pintado optaram pela saída em comum acordo. Desta forma, o Goiás não fica impedido de trocar de treinador mais uma vez nesta Série B do Campeonato Brasileiro.

Além de Pintado, o auxiliar técnico Dino Camargo e o preparador físico José Mário se desligaram do clube. A demissão do treinador já era dada como certa no domingo (18), mas o clube esmeraldino teve tratativas com a comissão técnica nas últimas horas até a assinatura da rescisão contratual.

De forma interina, o Goiás será comandado por Glauber Ramos, que é auxiliar da comissão permanente do clube. O presidente executivo do Goiás, Paulo Rogério Pinheiro, enfatizou nas redes sociais que não negocia com nenhum treinador neste momento, mas que avalia nomes para sucessão de Pintado.