Uma funcionária da CBF apresentou nesta sexta-feira (4) denúncia contra o presidente da entidade, Rogério Caboclo. Ela o acusa de assédio moral e sexual, e os relatos foram feitos à Comissão de Ética e Diretoria de Governança e Conformidade da instituição. O cartola sofre pressão de dirigentes de de federação para se afastar do cargo. A colaboradora, que trabalha como c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários