Com o apoio de 190 países, o suíço Gianni Infantino caminha para ganhar um novo mandato como o homem mais poderoso do futebol mundial. A Fifa divulgou nesta quarta-feira um comunicado em que anuncia que apenas uma pessoa conseguiu assinaturas suficientes para lançar uma candidatura: seu próprio presidente. Assim, a eleição marcada para junho deste ano não será ma...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários