A disputa entre Rio de Janeiro e São Paulo para receber o GP do Brasil de Fórmula 1 está em aberto. Apesar de os paulistas terem a favor fatores como o contrato em vigor para sediar a prova pelo menos até 2020, a capital fluminense desponta com força no cenário para ser a sede da corrida no ano seguinte, ao ter o projeto liderado pelo apoio do presidente Jair Bolsonaro e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários