Alvo de investigação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) que apura fraudes em borderôs de jogos, o ex-jogador Roni, de 42 anos, foi preso neste sábado (25), em um camarote do estádio Mané Garrincha, em Brasília, durante o jogo entre Botafogo e Palmeiras, pela Série A do Campeonato Brasileiro. O ex-atacante de Flamengo, Fluminense, Goiás e Vila Nova, além de t...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários