Treinar em um tipo de gramado e jogar em estádios com outro piso é algo normal no futebol brasileiro. No Campeonato Goiano, por exemplo, são quatro tipos de gramas nos 12 estádios utilizados na competição. Essa variação tem impacto direto na velocidade da partida e exige até que técnicos mudem treinamentos para que os jogadores tenham adaptação rápida quando forem jo...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários