Emerson Sheik deixou o cargo de coordenador de futebol do Corinthians nesta segunda-feira (4). Criticado, o ex-atacante pediu demissão por não se sentir blindado pela diretoria. Ele dará entrevista coletiva nesta terça, no CT Joaquim Grava, em São Paulo. Ídolo do clube, Emerson Sheik virou dirigente no início deste ano, após encerrar a carreira de jogador. Ele partici...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários