Pela primeira vez, depois de dez anos, desde que teve a primeira oportunidade de jogar futebol em um clube profissional, o zagueiro Eduardo Brock pôde viver a sensação de levantar um troféu de campeão, como capitão do time. No Goiás, o zagueiro foi o quarto jogador com a braçadeira que gravou o nome na história do time alviverde ao erguer o troféu de campeão goiano, conclui...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários