Novak Djokovic precisou superar mais uma batalha para se classificar à final do Masters 1000 de Roma. Um dia após derrotar Juan Martin del Potro em um duelo com 3 horas de duração, o sérvio mediu forças com outro tenista da argentina, Diego Schwartzmann, e precisou ficar em quadra por 2h31 para superá-lo. Em um jogo de três sets, o número 1 do mundo derrotou o 24º coloc...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários