Atual número um do mundo, o sérvio Novak Djokovic, 34, voltou a fazer história ao conquistar Wimbledon neste domingo (11) e se tornar, ao lado do suíço Roger Federer (8º) e do espanhol Rafael Nadal (3º), o maior vencedor de Grand Slams, com 20 títulos dessa magnitude. Em uma partida dura, o tenista fez valer seu favoritismo e venceu de virada o italiano Matteo Berret...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários