André Pitta e Lélio Júnior usam discursos distintos para conquistarem votos junto aos clubes, associações e ligas amadoras do futebol goiano.O candidato a reeleição defende, que desde que ele assumiu o comando da FGF, o futebol no Estado se tornou outro. “É só pegar o futebol goiano lá atrás e o olhar o que fizemos. Hoje, a FGF está com nome limpo, sede própria e trabal...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários