O comitê de gestão do Santos protocolou na última terça-feira (17), no conselho deliberativo do clube, uma representação contra o presidente afastado, José Carlos Peres. No ofício, ao qual a Folha de S.Paulo teve acesso, estão pedidos de investigação sobre o uso de uma "caixinha" a que funcionários ligados ao dirigente teriam direito, assim como o uso do cartão corpor...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários