Desde que agrediu a ex-mulher, Milena Bemfica, dia 18 de dezembro, nos Estados Unidos, o goleiro Jean se manteve em silêncio, quebrado nesta quinta-feira (13), na sala de entrevistas do Atlético-GO, atual clube dele. O jogador justificou que estava proibido de dar declarações por uma determinação da Justiça norte-americana. No momento que escolheu para falar pela prim...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários