Dez torcedores são suspeitos de crimes de ameaça e apologia à prática de crimes contra o presidente do Goiás, Marcelo Almeida, e um diretor do clube. A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) identificou os torcedores e lhes atribuiu a autoria dos crimes de ameaça e apologia à prática de crimes. Os dez torcedores identificados enviaram mensag...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários