Com a experiência de quem já foi campeão de uma Copa do Mundo como jogador, em 1998, e de um Mundial como treinador, no ano passado, Didier Deschamps conhece bem as armadilhas que o futebol reserva às grandes seleções. E ele deixou claro nesta segunda-feira que a França não pode se iludir com o favoritismo para o seu jogo de estreia nas Eliminatórias da Eurocopa de 2...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários