Quem transita pelas ruas da Região da 44 ou da Avenida Bernardo Sayão já conhece os cabelos roxos de Patrícia Pereira. Quem vê a correria da assessora de moda circulando com clientes para cima e para baixo, sempre para mostrar os melhores “achados”, não faz ideia que ela se desdobra para cumprir jornada tripla e seguir curtindo a vida de jogadora de futebol. Aos 36 anos, a ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários