O técnico Maurizio Sarri, técnico da Juventus, disse não ter se incomodado com as críticas de Aurelio De Laurenti, presidente do Napoli, seu adversário na final da Copa da Itália, nesta quarta-feira, às 16 horas (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de Roma. Não haverá presença de público. "Ele (Sarri) me traiu, saiu com a desculpa vulgar de dinheiro, me forçou a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários