O Grêmio Anápolis negou, na noite desta segunda-feira (16), que tem jogadores infectados pelo novo coronavírus. O clube-empresa recebe com frequência observadores europeus. Com intuito de desmentir que as visitas estrangeiras estariam infectando atletas e funcionários, o clube divulgou nota. Veja nota na íntegra abaixo.

Também na segunda-feira (16), o diretor-administrativo do clube, Raimundo Silva, admitiu as visitas europeias. No entanto, afirmou que apenas duas de 12 programadas foram cumpridas. “No caso do Grêmio, estava prevista a chegada de 12 scouters de equipes europeias, da Grécia, França, Portugal e outros países (para observar jogadores). Só dois vieram e já estão retornando aos seus países de origem, por conta da situação”, disse o dirigente do clube.

O Grêmio Anápolis foi um dos três clubes que se posicionou a favor da parada imediata do Campeonato Goiano. O clube diz zelar pela saúde pública ao desmentir o que chamou de fake news.

Confira a nota na íntegra:

Está circulando está seguinte informação: “A informação que chegou até a FGF, é que o Grêmio Anápolis pode ter casos suspeitos da COVID-19! Segundo o próprio clube, os atletas ficam em um alojamento com outros funcionários do clube, e recebe muitas visitas estrangeiras, o que já vem sendo proibido pelo clube, por recomendações. Em nota o clube ainda informou que não se responsabiliza em caso de contaminação de atletas”.

Quero aqui informar que é Fake News! Todos atletas, comissão, diretoria e inclusive os estrangeiros visitantes estão bem e SAUDÁVEIS. E que a nota foi uma posição do Grêmio visando o bem da saúde pública!