Um mês após a liberação das atividades nos centros de treinamento dos clubes de futebol em Goiânia, dirigentes estão em alerta sobre a possibilidade de ter de suspendê-las novamente. A prefeitura de Goiânia afirmou que vai seguir o governo de Goiás, que reeditaria decreto de março para suspender atividades não essenciais, inclusive a dos clubes sociais, esportivos e si...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários