No final de maio, o Corinthians começou sua participação no Campeonato Brasileiro com derrota em casa para o Atlético-GO. O momento era de críticas ao técnico Sylvinho e à qualidade do elenco. Os reforços pedidos pela torcida esbarravam em alguns problemas: dívidas de quase R$ 1 bilhão, diversos credores e uma fila de pedidos de bloqueios das contas bancárias do clube. Três meses ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários