Diante da grande pressão de atletas e confederações esportivas favoráveis ao adiamento da Olimpíada de Tóquio, no Japão, também é possível que os Jogos Paralímpicos não sejam realizados neste ano. Neste sábado, o próprio presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), o brasileiro Andrew Parsons, fez um pronunciamento em que se posiciona a f...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários