Sem jogos a disputar e com os treinos suspensos, o técnico Jorge Jesus foi liberado pelo Flamengo para retornar à Portugal. Ele viajará nesta segunda-feira, com alguns membros de sua comissão técnica, para ficar com sua família, na Europa, em meio à pandemia de coronavírus.

Neste fim de semana, o Flamengo anunciou que os treinos estavam suspensos por tempo indeterminado. O clube até vem entregando aparelhos de ginástica e musculação aos seus jogadores para que possam fazer trabalhos físicos em suas casas.

Antes de ser liberado, Jorge Jesus chegou a fazer mais de um exame para saber se tinha o covid-19. Um teste chegou a dar positivo, porém "inconclusivo". Mas os seguintes apontaram o resultado negativo, tranquilizando o treinador e o elenco rubro-negro. Ele fizera o exame porque o vice-presidente de Embaixadas e Consulados, Maurício Gomes de Mattos, apresentou resultado positivo.

Desde então, Jesus vinha cumprindo quarentena em casa, em repouso. O técnico tem 65 anos e, portanto, pertence ao grupo de risco da nova doença. O treinador mora sozinho em um condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Ao viajar para Portugal, ele deixará em aberto a negociação para renovar seu contrato com o clube brasileiro. Seu contrato se encerra em maio. Assim, se a expansão do coronavírus pelo Brasil deve afetar diretamente a retomada das competições nacionais, deve atingir também a negociação entre Jesus e o Flamengo. Ainda não há qualquer previsão sobre o retorno dos Estaduais, da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.