Com o vice-campeonato da Champions League e uma atuação apagada na decisão, Neymar perdeu a chance de dar ao Paris Saint-Germain seu primeiro título do torneio e também viu ficar menos provável sua eleição para melhor do mundo deste ano, em votação conduzida pela Fifa. Campeão pelo Bayern, o polonês Robert Lewandowski, artilheiro da Champions League com 15 gols e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários