A publicação do decreto do prefeito de Goiânia, Iris Rezende, nesta terça-feira (30), que seguiu o decreto do governo do Estado, na segunda-feira (29), proibindo as atividades da construção civil que não sejam consideradas de “interesse social”, fez as diretorias do Atlético-GO e do Goiás acatarem as determinações e decidirem pela paralisação das obras de ampliação do...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários