A ideia de transformar o modelo de clube associativo em clube empresa no Brasil, aos poucos, vai perdendo força. A cada reunião de dirigentes na sede da CBF, fica mais claro que a intenção de fazer disso uma lei está longe de ser o desejo das agremiações. A intenção de parlamentares que defendem o projeto era de colocar a proposta em votação em Brasília ainda este semestre, m...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários