Há pouco mais de um ano, o atacante Marinho, 30, foi apresentado pelo Santos no CT Rei Pelé, deixando claro um descontentamento logo na primeira pergunta da entrevista. "Não entendo o motivo pelo qual parei de jogar. Quanto mais tento entender, mais me chateio. Entrar só de vez em quando para mim não serve", disse à época. A declaração foi uma mensagem de inconf...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários