O presidente do comitê organizador dos Jogos de Tóquio-2020, Yoshiro Mori, 83, renunciou ao cargo nesta sexta-feira (12) após fazer comentários machistas que causaram protestos internacionais. "Minha declaração inadequada causou muito caos. Desejo deixar o cargo de presidente a partir de hoje", disse em reunião do conselho executivo de Tóquio em 2020, convocada para d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários