A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) aguarda um posicionamento do Ministério da Saúde para saber se poderá utilizar as doses de vacinas doadas pela Conmebol, entidade máxima do futebol sul-americano, para imunizar jogadores da seleção e de clubes do país. A confederação procurou o órgão federal depois que o Comitê Olímpico do Brasil (COB) também entrou em n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários