Porto Alegre – A Argélia surpreendeu o mundo ontem, no Beira-Rio, nas oitavas de final da Copa, ao forçar a Alemanha a carimbar a vaga para as quartas só na prorrogação. Um dos principais responsáveis por este feito histórico foi o goleiro Rais Mbolhi, eleito pela Fifa como o melhor jogador da partida.

“Escrevemos a história do futebol argelino”, declarou na coletiva após a partida…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários