O Brasil levou oito pugilistas para a disputa do Mundial de Boxe, iniciada na última segunda-feira, em Almaty, no Casaquistão. Ainda faltavam estrear dois deles, o que aconteceu neste domingo (20) - ambos entraram direto na segunda rodada. Roberto Queiroz foi eliminado logo em sua primeira luta na competição, mas Robson Conceição ganhou e se classificou para as oitavas de final, juntando-se a Everton Lopes, Esquiva Falcão, Juan Nogueira, Robenilson de Jesus e Patrick Lourenço, que já tinham garantido vaga anteriormente.

Na categoria dos leves (até 60kg), Robson Conceição enfrentou o mongol Otgondalai Dorjnyambuu neste domingo e ganhou por 2 rounds a 1. Assim, ele se tornou o sexto brasileiro classificado para as oitavas de final, quando enfrentará na terça-feira o ucraniano Dmytro Cherniak, que eliminou o russo Dmitry Polyanskiy em outra luta do dia.

Também neste domingo, Roberto Queiroz não teve a mesma sorte em sua estreia na categoria meio-médio (até 69kg). Ele perdeu para o búlgaro Simeon Chamov por 3 rounds a 0 e deu adeus ao Mundial. Antes dele, apenas um pugilista brasileiro já tinha sido eliminado: Julião Neto, dos moscas (até 52kg), que foi derrotado ainda na segunda-feira.

Nesta segunda-feira, cinco brasileiros voltam ao ringue: Juan Nogueira pega o russo Evgeny Tishchenko (até 91kg), Everton Lopes encara o alemão Artem Harutyunyan (até 64kg), Patrick Lourenço enfrenta o mongol Gan-Erdene Gankhuyag (até 49kg), Robenilson de Jesus luta com o turco Selcuk Eker (até 56kg) e Esquiva Falcão desafia o russo Artem Chebotarev (até 75kg).