O veto do presidente Jair Bolsonaro à inclusão de profissionais ligados ao esportes na lista de beneficiados pelo auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus causou revolta nos atletas e paratletas. Eles se mobilizaram para tentar reverter a decisão. A sanção foi publicada na última sexta-feira (15) no Diário Oficial da União. O presidente ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários