O frio dos primeiros minutos e o calor, na maior parte do tempo, desafiaram 47 atletas inscritos à seletiva da 27ª Caminhada Ecológica, na pista do anel externo do Autódromo de Goiânia. A prova teve 62 inscrições, mas só largaram 47 (35 homens e 12 mulheres) - entre os presentes, dois abandonaram a atividade.

Assim, restam 45 atletas, à espera do resultado, a ser divulgado nesta semana. Serão selecionados 29 atletas (25 homens e 4 mulheres), levando-se em consideração tempo gasto para fazer 30 km - são cinco voltas de 6km cada no intervalo de quatro horas. A seleção observa tempo e rendimento na respectiva categoria, pela faixa etária.

Entre os inscritos, a maioria é de veteranos. Mas houve quem, experiente, optasse pela companhia do filho. Um exemplo é o de Abadio Marcelino. Vaqueiro em Bela Vista, ele busca 8ª participação no evento. Novidade, teve companhia do filho, Diego Alves de Melo, de 27 anos. “Sempre acompanhei o meu pai, mas do lado de fora, no apoio. Decidi treinar. Espero obter vaga. Treinamos muito”, disse Diego.

Outro caso de equipe, em família, é o do atleta Idelfonso Ferraz de Lima, de 60 anos, e o filho Pedro Lucas Pereira, de 22 anos. Estreante, ele sonha ser selecionado. Ele e o pai treinam em Araguapaz, na rota da Caminhada.

A seletiva teve equipes que se prepararam juntas. Inhumas teve Daniel do Nascimento, Dorival Júnior, Elias Tadeu, Osmarildo Alves e Gustavo Henrique - a meta é que o quinteto esteja junto no evento, de 17 a 21 de julho, que terá largada em Trindade.

O compromisso, a necessidade de se exercitar e a história em eventos passados (1996 a 2003) tiraram o odontólogo Fernando Batista de Souza das atividades profissionais pra treinar. Ele foi à seletiva. “Estava com 105 kg. Voltei por uma série de coisas”, explicou Fernando Batista.

Há algum tempo, Sandra Luiza Rodrigues, de 39 anos, sonha ir à Caminhada Ecológica. Treinou e foi orientada por Rosemeire de Sousa, atleta dos primeiros anos da iniciativa, que repassou planilhas. Sandra disse que as cumpriu religiosamente. Ela brincou com a treinadora, chamando-a de Malvada Favorita. “Sempre achei maravilhoso (o projeto). Espero estar participando”, disse Sandra.

Os atletas ainda tiveram almoço, servido pelo Restaurante Sabor de Goiás. Agora, esperam resultado da seletiva da Caminhada Ecológica, realizada pelo POPULAR.