O Atlético-GO decidiu que vai negociar a redução salarial dos atletas do clube, durante a paralisação do futebol, diretamente com os profissionais. Essa também foi a medida escolhida por Goiás e Vila Nova, após o trio recusar a 2ª proposta do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Goiás (Sinapego) que propôs redução de 20% dos vencimentos dos jogadores. A diretoria rubro-negra se reuniu durante à...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários