Para contratar o goleiro Jean, acusado de agressão à mulher em dezembro do ano passado nos Estados Unidos, o presidente do Atlético-GO, Adson Batista, afirmou que o clube "tem o perfil de abraçar, recuperar atletas" e comparou a situação do goleiro, que será emprestado pelo São Paulo, à do técnico Marcelo Cabo, que teve um sumiço em janeiro de 2017. "Espero que as p...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários