No jogo final do Atlético na Série B, contra o Sport, sábado, o volante Moacir teve três lutas representadas. Duas foram vencidas e celebradas em campo. Uma delas é o acesso à Série A com o Dragão, que vai fazer o jogador, que tem contrato para 2020, voltar a disputar a elite após cinco anos. A outra é a da doença superada pela mulher dele, Emanuella Silva, que encerrou o tratamento contra um câncer no fêmur. “Ela está curada, terminou a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários