Há vários anos, os argentinos José Antonio Fornés, de 75 anos, e Dario Hernan, de 45, deixaram a sua terra natal e adotaram o Brasil como o lugar para morar, estudar, constituir família e carreira profissional. Apesar da distância, o coração sempre bate mais forte quando a seleção albiceleste entra em campo, principalmente no jogo contra o país que os recebeu. R...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários