Países com o maior número de títulos de Copa Libertadores, Argentina e Brasil dividem o protagonismo nas semifinais da atual edição do torneio continental -que apesar de terminar em 2021, em razão da pandemia, vale pela temporada 2020. A presença de Palmeiras, Santos, River Plate e Boca Juniors entre os quatro melhores da América do Sul ilustra um equilíbrio que pô...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários