Perder por uma goleada de 3 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Goiano era o desfecho menos esperado pelo Goiás após campanha quase que irretocável até a decisão. A postura do time dentro de campo deixou diretoria, comissão técnica e jogadores cabisbaixos e, principalmente, preocupados com a pressão que virá da torcida com a Série A batendo à porta. “Estou muito chatead...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários