Afastado da presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sob acusações de assédio moral e sexual, Rogério Caboclo teve novos áudios vazados nesta quarta-feira (9). As gravações são de 2018, de acordo com o site da ESPN, e mostram o dirigente se referindo ao presidente da Fifa e a funcionários da própria confederação nacional com palavrões. As conversas teriam...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários