O Inep, instituto vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), errou o endereço do Campus II da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), em algumas cartas de confirmação de candidatos, nesse primeiro dia de provas.

Situado no bairro Jardim Mariliza, em Goiânia, o ponto de provas estava assinalado no documento de alguns alunos como localizado na Avenida Universitária, número 0, no Setor Leste Universitário, uma distância de 13 km entre os dois pontos.

Uma faixa foi instalada em frente a Área IV da PUC, indicando a localização certa do Campus II. Uma van foi disponibilizada para levar os candidatos ao local. Reportagem do POPULAR apurou que sete pessoas estavam dentro do veículo, que deveria sair às 13h05, cinco minutos após o fechamento dos portões em todo o Brasil.  Segundo informações de um aplicador que preferiu não se identificar, os candidatos teriam um prazo extra para entrar na prova e para realizar o exame.

Alguns alunos e familiares se desesperaram em frente ao ponto de provas. Uma estudante, inclusive, chegou ao local por volta de 12h40 e disse que tinha ido até a Praça Universitária no dia anterior, mas a faixa ainda não tinha sido colocada. Ela acreditava que faria o exame na Área II, no Setor Leste Universitário. 

Conforme a coordenadora de blocos do exame no local, Viviane Viveiros, as informações só poderiam ser repassadas para imprensa pelo Inep. A reportagem tentou entrar em contato com o instituto, mas não obteve resposta até o fechamento da nota.