O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, disse nesta quarta-feira (24) que o banco terá uma espécie de força-tarefa para atender a todos os contribuintes no saque de parte do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nos próximos meses, a instituição deve fazer "algo que praticamente nunca foi feito. Serão 106 milhões de pessoas beneficiadas, e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários