A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que proibiu a cobrança da taxa de conveniência na venda online de ingressos para shows e outros eventos, deve servir de entendimento para a Justiça em outras futuras ações relacionadas ao segmento. A expectativa é de que a decisão também gere um mudança de cultura entre as empresas que vendem ingressos pela internet. ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários