Os produtores de alho comemoraram uma recente decisão do Ministério da Economia que prorrogou por cinco anos o direito de cobrança da tarifa antidumping sobre o alho importado da China. O problema é que algumas empresas possuem liminares que permitem a entrada do produto chinês sem a taxação, fazendo com que ele entre no País com valor abaixo do custo de produção nacional. A...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários