O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 7, que vetará eventual alteração que o Congresso Nacional possa fazer na medida provisória que libera os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quebrar o monopólio da Caixa como operadora do fundo. "Se o Congresso decidir quebrar o monopólio da Cai...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários