O trabalho remoto é seguido por 1.010 servidores municipais em rodízio na capital desde abril, por conta da pandemia de coronavírus, conforme dados da Prefeitura de Goiânia. O que representa apenas 2,51% daqueles ativos com algum vínculo com a administração. Parcela pequena se comparada, por exemplo, com a do Estado, onde mais de um terço dos funcionários públicos passar...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários