O governador da Bahia, Rui Costa (PT), defendeu a desvinculação dos salários estaduais do funcionalismo público à remuneração federal e ressaltou ser favorável à inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência, mas disse que isso não resolverá o problema estadual. "Se somos uma federação, por que os salários têm de estar vinculados ao governo federal? Quem p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários