O senador Renan Calheiros (MDB-AL) entrou com uma representação junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) contra a medida provisória da crise hídrica discutida pela Câmara dos Deputados, sugerindo que há nela irregularidades de políticas públicas. A MP tem sido usada por parlamentares para tentar prorrogar benefícios a setores de energia elétrica, como subsídios para u...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários