O ministro da Economia, Paulo Guedes, condicionou a definição da política de reajuste do salário mínimo ao avanço das reformas estruturais propostas pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) ao Congresso, principalmente à da Previdência.  De acordo com o ministro, o governo pode até conceder reajustes reais (acima da inflação), caso as reformas sejam aprovadas, e a ec...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários